BLOG

  • Leticia

Mulheres e empreendedoras

Nós, mulheres, somos:

Mas, nem tudo são flores:

  • Mulheres possuem menos chance de conseguir emprego. Essa é uma conclusão do relatório Education at a Glance 2019, feito pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

  • Na ciência, um levantamento da Unesco apontou que apenas 28% de pesquisadores no mundo são mulheres. E, elas também têm menos reconhecimento. Apenas 17 mulheres receberam o Prêmio Nobel de Física, Química ou Medicina em comparação a 572 homens.


Mudando este cenário

No mundo coorporativo, os números começam a ficar diferentes. O aumento no público feminino nos negócios é um aspecto que pode ser observado nos últimos anos.

  • De acordo com um relatório de março de 2019 do Sebrae, há 24 milhões de mulheres empreendendo no Brasil, em comparação a 28 milhões de homens.

  • Cerca de 25% das microempresas são comandadas pelo sexo feminino.

  • É possível encontrar mulheres empreendedoras — ou liderando negócios — em diversos setores. Conheça 7 cases inspiradores.

  • Segundo levantamento do programa de aceleração de Startups InovativaBrasil, 49% das startups inscritas no ano de 2019 possuíam mulheres no comando contra 12% em 2013.

  • Alguns fundos de venture capital já apresentam em suas carteiras de investimentos, maior porcentagem de empresas fundadas por mulheres que empresas fundadas por homens.

  • Uma pesquisa do fundo de investimentos First Round Capital revela ainda que empresas fundadas por mulheres tiveram um desempenho 63% melhor dos investimentos que equipes fundadas só por homens.

Neste contexto, o When Women Thrive 2020 Global Report oferece uma abordagem baseada em evidências para melhorar a diversidade e a inclusão feminina no mercado de trabalho. No relatório global de 2020 traz o resultado da pesquisa realizada em mais de 1.150 empresas em 54 países, representando mais de sete milhões de funcionários em todo o mundo. Os dados são otimistas e mostram que as organizações estão melhorando em trazer as mulheres para seus canais de talentos em todos os níveis. Mas, as mulheres ainda são mais numerosas (47 %) em cargos mais baixos nas empresas, ocupando apenas 29% das vagas sênior e 23% das executivas.


Apesar disso, o cenário é, no fim das contas, promissor! O report mostra que as taxas de contratação feminina excedem modestamente as do sexo masculino em todos os níveis de carreira e chegam a serem iguais nos níveis gerenciais. Isso representa uma mudança positiva em relação ao report anterior, em 2016, quando vimos as contratações femininas mais focadas nos níveis mais altos. As taxas de promoção também são comparáveis entre homens e mulheres em todos os níveis dentro das empresas. Enquanto que, as taxas de rotatividade de mulheres são modestamente mais baixas do que as dos homens nos níveis gerenciais e executivos.


Acreditamos que a versatilidade feminina nos torna mais assertivas nos negócios, principalmente, porque precisamos concentrar ações, já que parte do nosso tempo será dedicado ao cuidado com a família e tarefas de casa. O momento é de reflexão e estratégias, pois parafraseando o When Women Thrive 2020 Global Report “quando as mulheres prosperam, as empresas prosperam”. Processos e programas precisam ser mais alinhados e conectados para eliminar o preconceito inconsciente que fomenta as desigualdades, mesmo diante de resultados positivos apresentados pelas mulheres.



A Oncotag parabeniza todas as cientistas e empreendedoras que vão à luta e enfrentam esse mundo.

Horário de Funcionamento:

Segunda a sexta, das 08h às 18h

  • Facebook Oncotag
  • Instagram Oncotag
  • LinkedIn Oncotag
Ícone voltar ao topo

© 2019 todos direitos reservados à Oncotag.

Desenvolvido por Bonita Comunicação Digital.

WhatsApp Oncotag