BLOG

  • Oncotag

Prevenção como abordagem no combate ao câncer



O câncer é considerado um dos principais problemas de saúde pública em todo o mundo e o aumento de 20% de casos na última década coloca a doença como uma das principais causas de morte antes dos 70 anos de idade em vários países.


A prevenção do câncer


As evidências de que o câncer pode ser prevenido vêm de estudos internacionais em que se observaram variações nas taxas de incidência de câncer segundo variáveis de tempo e lugar. Populações que migram do país de origem para outras localidades apresentam mudanças nas taxas de incidência de câncer, o que demonstra que as neoplasias são em parte influenciadas pelas condições ambientais, não sendo determinadas apenas por fatores genéticos.


O inicio das ações educativas referente ao câncer

As principais ações educativas relacionadas ao câncer surgiram ainda na década de 1920 quando alguns médicos preocupados com a ampliação dos índices da doença, começaram a elaborar pequenos panfletos orientando sobre a prevenção e diagnóstico precoce e distribuíam em seus consultórios.


Nos dias de hoje, as campanhas são realizadas ao redor do mundo buscando disseminar informação e conhecimento de que o câncer é uma doença tratável e curável, especialmente quando detectada numa fase inicial.

Sucessivas campanhas de esclarecimento á população enfatizam os meios disponíveis para o rastreamento do câncer como o exame clínico geral, colonoscopia, mamografia, exame ginecológico e de toque retal entre outros.



A importância da prevenção

Neste contexto devemos acrescentar que a prevenção primária baseada em evitar fatores de risco como exposição excessiva e desprotegida a radiação solar, evitar consumo de álcool e tabagismo além de manter hábito de vida saudável são aliados que não devemos abrir mão ao longo da vida.




Nara Rosana Andrade 
Oncologista Clínica- Sócia da OncoTag